Cuidados com a pele no Inverno

Posted in Wellness

Cuidados com a pele são essenciais no inverno

Os contrastes de humidade e temperatura ambiental típicos do Inverno podem danificar a nossa pele, dado que ela atua como uma barreira de proteção face a qualquer mudança de ambiente. Também o vento pode prejudicá-la, sobretudo se se somar à deterioração produzida pelo frio. O terceiro "inimigo" da pele, durante esta época, são os ambientes interiores excessivamente aquecidos, com reduzida humidade, os quais produzem secura e desidratação. Os cuidados com a pele são essenciais como profilaxia para uma pele saudável ao longo da sua vida.

CUIDADOS PARA TODOS OS TIPOS DE PELE

É fundamental protegermo-nos face ao frio. Se a sua pele é normal ou gordurosa, está com sorte, pois será menos afetada. As cútis secas e sensíveis são as que necessitam de maior proteção e cuidado, embora hajam regras que se aplicam a todos os tipos de pele.
Neste sentido, os especialistas em Dermatologia recomendam as seguintes medidas:
 Cuidar da pele das crianças e dos idosos com especial atenção, pois ela é particularmente sensível ao inverno e mais propensa a sofrer fissuras e descamação.
 Ter cuidado com as mudanças de temperatura, ao entrar e sair de locais fechados. Essa passagem do frio para o calor excessivo e do calor para o frio afeta bastante a pele.
 Pôr de parte as peças de roupa que não deixam transpirar ou que sejam demasiado fechadas: a falta de oxigenação pode provocar irritações na pele.
 Há doenças de pele, como a psoríase ou a dermatite atópica, que pioram nos meses de inverno. Se é o seu caso, deve consultar um dermatologista, para que seja instaurado um tratamento preventivo.
 Aumente a humidade ambiental, usando um humidificador ou colocando um copo de água ou toalhas húmidas sobre os radiadores.

PREVENIR O ENVELHECIMENTO PREMATURO

Para melhor entender os cuidados com a pele que deve ter, a pele conta com uma superfície de proteção especial, formada por uma película de água e gordura – designada hidrolipídica –, que atua como uma barreira natural contra as agressões do meio ambiente.
Contudo, o frio enfraquece essa camada e torna a pele mais suscetível à perda de água. O que acontece, então? A epiderme vê diminuída a respetiva luminosidade e vitalidade, aumentando, por outro lado, a formação de radicais livres, que destroem as células e contribuem para o envelhecimento prematuro da nossa pele.
Mas há medidas que permitem proteger a cútis. Tome nota:
 Seja escrupulosa com a higiene. Embora pareça que a pele se suja menos do que no verão, nunca deve esquecer a sessão diária com leite de limpeza e a massagem com o tónico.
 Escolha um creme hidratante rico em antioxidantes e nutrientes, mais potente do que o usado no resto do ano.
 Lembre-se que a limpeza deve estender-se, não só à pele do rosto, mas também ao pescoço e lábios, já que estes carecem de proteção natural.
 Aplique uma máscara nutritiva todas as semanas, se tiver a pele seca ou sensível; e de 15 em 15 dias, se a sua pele for mista ou gordurosa.
 Se vai de férias para a neve, substitua o hidratante habitual por um creme com fator de proteção solar.

ATENÇÃO ESPECIAL AOS LÁBIOS

Os lábios são extremamente sensíveis ao frio, porque a sua pele é muito fina e carece de glândulas sebáceas e sudoríparas. Para mantê-los hidratados, leve sempre no bolso um baton de hidratação. E tome bem nota dos conselhos que se seguem:
 Num ambiente frio e com vento, corre o risco de "cortar" os lábios. Poderá evitá-lo utilizando um protetor gordo. O baton habitual não basta.
 Se o dano já foi feito, aplique um produto hidratante natural, como azeite, manteiga de karité ou mel. Faça-o cada vez que sentir os lábios doridos ou secos.
 No inverno, escolha um baton com agentes suavizantes e hidratantes. Manterá a sua boca suave e a cor durará muito mais.
 Se tem tendência para lábios secos, não os humedeça com a língua: quando a saliva se evapora, reduz parte da humidade natural do lábio.

CORPO: DÊ-LHE TODOS OS MIMOS

Nem o frio nem a pressa devem ser suficientes para que deixe de cuidar do seu corpo, tal como faz no verão. A hidratação diária é importante, porque mantém a pele elástica e cuidada. Pense que será um bom investimento para quando chegar o verão e quiser mostrar o seu corpo num biquiní ou com uma mini-saia mesmo muito mini... Mãos à obra!
 Tal como para o rosto, escolha um creme hidratante de corpo enriquecido em nutrientes e com efeito refirmante.
 Hidrate-o diariamente, depois do duche. Uma ou duas vezes por semana, substitua o "body milk" por um óleo corporal: aplique-o sobre a pele molhada e espere uns minutos, antes de se vestir, para absorver bem o produto.
 Um excesso de banhos e duches pode ressecar a pele e deixá-la desprotegida. Utilize sabonetes neutros e esqueça os muito perfumados, pois podem resultar agressivos.
 Faça uma esfoliação de duas em duas semanas, insistindo nas zonas que secam facilmente, como os cotovelos e os joelhos. Depois, hidrate generosamente.
 Mais uma boa ideia para os meses de inverno: antes de dormir, aplique um creme de mãos, sem esquecer de o passar pelas unhas Em seguida, aplique o mesmo creme nos pés, pois estes também sofrem imenso no inverno.
 Se tiver de se expor a climas realmente frios, use roupa de tecido térmico, o qual, além de conservar o calor, mantêm a pele seca, a permitir que o suor se evapore.

ÁCIDOS GORDOS ESSENCIAIS

O nosso organismo não fabrica ácidos gordos, embora necessite deles para regular o conteúdo em água e gordura da pele, para manter fluida e flexível a membrana celular e facilitar os intercâmbios com outras células.
Os efeitos dos ácidos gordos traduzem-se numa boa hidratação cutânea, proporcionando elasticidade à epiderme e prevenindo o aparecimento de rugas prematuras.
Eis alguns produtos naturais onde poderá encontrar ácidos gordos em abundância:
 ROSA MOSQUETA – Regenera a pele e atua como cicatrizante. É muito recomendável para peles sensíveis e que se inflamam facilmente. Pode ser usada em cremes hidratantes ou sob a forma de óleos essenciais.
 ÓLEO DE ONAGRA E ÓLEO DE BORRAGEM – Ambos possuem a propriedade de manter a pele elástica e hidratada, além de aliviarem as dores menstruais.
 ÓLEO DE GÉRMEN DE TRIGO – Também contém vitamina E, um antioxidante que combate a ação dos radicais livres, travando o envelhecimento da pele. Este óleo pode ser ingerido em cápsulas, acompanhando as refeições. Pode, igualmente, ser aplicado sobre a pele, com o auxílio de uma massagem.

Alimentos que fortalecem o organismo

Utilize cremes protetores, beba muitos líquidos – um litro e meio por dia, no mínimo – e ingira alimentos que fortaleçam o organismo e neutralizem os radicais livres. No Inverno, o organismo pede pratos mais calóricos, que o ajudem a defender-se do frio:
 PREFIRA ALIMENTOS RICOS EM VITAMINA A – Este nutriente protege a pele do frio e evita a secura da cútis e dos lábios. A vitamina A encontra-se no leite, na manteiga, no queijo, no fígado e na gema de ovo.
 TOME VITAMINA C – Reforça as defesas e atua como antioxidante. Encontra-se nos citrinos, no melão, nas frutas tropicais, no tomate e nas verduras em geral.
 TOME POTÁSSIO – Melhora a elasticidade da parede capilar e celular, reforçando os capilares. Para assimilar este mineral basta comer bananas várias vezes por semana.
 INGIRA ALIMENTOS RICOS EM VITAMINA K – Auxilia a coagulação sanguínea e previne hemorragias e hematomas. Esta vitamina encontra-se nos brócolos e na couve-flor.
 ADICIONE LEVEDURA DE CERVEJA – Compre levedura de cerveja e adicione aos sumos e sopas, pois fortalece a pele, o cabelo e as unhas. Além disso, combate o cansaço e aumenta as defesas imunitárias

Equipe-se para a neve

Sabia que os raios solares, ao refletirem-se na neve, incidem na pele 40% mais fortes do que na cidade ou na praia? Se está a pensar ir para a neve – cada vez mais portugueses o fazem, todos os invernos – é fundamental que prepare a sua pele ou sofrerá terríveis queimaduras solares, ainda mais do que no verão.
 Use um creme ultra-hidratante e regenerador e comece a aplicá-lo durante a semana anterior. Os melhores são aqueles que incluem as vitaminas C e E.
 Deite fora o creme bronzeador do verão e compre um novo de elevado índice de proteção – superior a 25 – e aplique-o antes da exposição ao Sol, na neve.
 Tal como na praia, procure não se expor ao Sol do meio-dia, que é quando a intensidade dos raios é maior.
 Não esqueça os lábios: eles também necessitam de proteção solar.
 Finalmente, uns bons óculos de sol, com proteção UV, são absolutamente necessários.

Tratamentos em profundidade

O inverno é a época do ano mais profícua para realizar todo o tipo de tratamentos de beleza, seja para o corpo ou para o rosto. É que o sol é o pior dos inimigos para o sucesso de qualquer intervenção. Assim, os tratamentos que existem para rosto e corpo dividem-se em três grupos: tratamentos estéticos a laser, preenchimentos e intervenções cirúrgicas.
Mas porque não começar pelo básico? Tratamentos intensivos de hidratação da pele são, por vezes, intervenções suficientes e com sucesso para que rejuvenesça uns bons anos. No entanto, para quem já tem marcas profundas, existem os tratamentos estéticos por sessão, como a luz intensa pulsada ou os peelings, sendo o mais conhecido o de cristal ou microdermoabrasão.
Depois, para uma intervenção mais imediata, existem os preenchimentos. São tratamentos pouco invasivos, que garantem grandes resultados. Alguns são definitivos, outros precisam ser reaplicados de tempos a tempos, pois são reabsorvidos pelo organismo.
Indicado para o rosto, nomeadamente para rugas de expressão e de envelhecimento, o mais famoso dos produtos é o Botox. No entanto, esta toxina só é aplicável na região frontal (testa e olhos). Para lábios e rugas em redor da boca, podem ser utilizados ácidos específicos ou mesmo produtos com uma percentagem assinalável de gordura da própria pessoa.
Para resultados mais definitivos, no top do ranking de intervenções, aparece a cirurgia plástica, nomeadamente os liftings, que podem ser ligeiros, através de endoscópio ou da forma tradicional.
Já para o corpo as soluções são infindáveis. Desde envolvimentos com princípios ativos, massagens drenantes, mesoterapia, rádio-frequência, ultrassons, endermologia e muitos mais, os quais prometem acabar com rugas, estrias, celulite, gorduras localizadas, enfim... existem dezenas de soluções, cada uma com as suas indicações e vantagens próprias.
Mas, tal como no rosto, a cirurgia plástica parece ser a mais rápida e definitiva resolução. Para a área corporal, na sua totalidade, existe a lipoaspiração; para intervenções de maior porte, existem as abdominoplastias.

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião.

Artigo publicado na Revista SAÚDE E BEM-ESTAR, edição nº 234

Posted in Wellness