Mitos do protetor solar

Posted in Wellness

Com a proximidade do verão, os cuidados com a pele devem ser redobrados. Um dos cuidados essenciais é a aplicação diária do protetor solar, inclusive quando não há sol. Os protetores ajudam a prevenir o envelhecimento e também a evitar doenças de pele.

Para tirar dúvidas habituais sobre os protetores solares, esclarecemos alguns mitos:

1 - O índice do protetor solar tem alguma relação com a cor da pele?

protetor1

Independente do tipo de pele, deve-se usar sempre o filtro de no mínimo FPS 30. Para pessoas de pele mais clara, com tendência a manchas e vermelhidão, recomenda-se o uso de uma proteção superior. É importante lembrar que o produto deve ser aplicada uma quantidade generosa por todo o corpo 30 minutos antes da exposição solar.

2 - O protetor corporal pode ser usado na face?

Caso o use podem surgir problemas estéticos, como por exemplo, borbulhas. As substâncias foto protetoras são basicamente as mesmas, o que altera é a base onde os protetores são misturados — creme, gel, gel-creme, fluido. Quanto mais gordura tiver o produto, mais ele adere na pele, aumentando oleosidade.

3 - Não é mais necessário esperar 30 minutos para o protetor solar fazer efeito?

Existem dois tipos de protetores solares: os físicos e os químicos. Os primeiros criam uma barreira física onde os raios UV são refletidos. Por outro lado, os filtros químicos absorvem a energia dos raios ultravioleta e eliminam para o ambiente. Os filtros físicos não necessitam ser absorvidos pela pele, mas os químicos sim, e a absorção demora de 15 a 30 minutos. A maior parte dos protetores no mercado possui os dois filtros.

4 - Os protetores com base ou comuns BB Creams são mais eficazes?

protetor

Estes possuem na fórmula filtros físicos, que melhoram o efeito da proteção, oferecendo maior aderência à pele; porém, costumam ser mais gordurosos. Este tipo de cosméticos ajudam na reflexão da luz solar. Esses produtos são ótimos para quem tem manchas. A cor forma uma barreira física de proteção

5 - Os protetores com FPS 30 ou mais são os mais seguros

Todos os protetores atuam a 100%, de acordo com seu fator de proteção solar. Os produtos com FPS em torno de 30 têm uma relação aplicação/tempo de proteção mais adequada. Aquele erro de que “vou usar um protetor com FPS mais baixo para me bronzear", não deve acontecer porque, após determinado tempo, a pessoa estará desprotegida e, a sua pele, estará sob os efeitos da irradiação ultravioleta. Um FPS 15 bloqueia 93% de todos os raios UVB. Um FPS 30 bloqueia 97%, e um FPS 50 bloqueia 98%. Estas diferenças podem parecer insignificantes, mas se tem um histórico de cancro de pele, essas percentagens fazem toda a diferença.

6 - Não é preciso aplicar protetor solar nas orelhas e nas axilas?

As orelhas representam um local de grande incidência de cancro de pele e muitas vezes esquecidas na hora de aplicar o protetor solar. Toda a superfície corpo deve ser protegida (pés; mãos; orelhas, axilas e lábios)

7 - O bronzeado dura mais se a exposição for gradual?

O bronzeado surge entre o 5º e o 7º dia de exposição solar e dura mais se a exposição for gradual, cerca de uma ou duas horas por dia. A explicação está no tempo em que a melanina demora para ficar visível sob a pele e no ciclo regeneração celular, que é de 21 dias.

8 - Uma pele bem hidratada ou autobronzeada sofre em menor intensidade os efeitos do sol?

protetor3

O uso dos hidratantes fortalecem a resistência da pele e promovem uma pele brilhante, tonificada, livre de descamação, mas não garante proteção contra os raios UV. Assim como os auto bronzeadores que só protegem caso seja associado a um protetor solar.

9. Não preciso usar protetor solar nos dias nublados?

As nuvens não filtram na totalidade os raios ultravioletas. A radiação é invisível, por isso, o protetor solar deve ser usado, inclusive nos dias mais nublados, pois cerca de 40 a 60% da radiação solar atravessa as nuvens. O fator de proteção usado deve ser o mesmo de quando se está diretamente exposto ao sol.

10. O protetor solar perde sua função quando entra em contacto com a água?

Correto, o produto deve ser reaplicado após cada mergulho, de duas em duas horas, ou então, quanto existir muita transpiração.

11 - Não é possível ficar bronzeado ao utilizar o protetor solar?

O protetor solar permite o bronzeado. A única diferença será o tempo demorará a conseguir a tonalidade pretendida. Sem a aplicação do produto, consegue chegar à cor desejada em dois dias, mas com um bronzeado perigoso e passageiro. Com o uso do protetor solar, pode levar de quatro a cinco dias, no entanto, com um bronzeado seguro e mais duradouro.

12 - As pessoas de pele negra não precisam usar protetor solar?

protetor peles negras

Apesar da tonalidade, a pele negra também pode ficar manchada e contrair alguns tipos de cancro.
O fator de proteção a usar vai depender do tempo em que ficar exposta ao sol. O FPS 30, garante inicialmente uma boa proteção para não ter queimaduras.

Carla Alves
Spa Trainer

Gostou deste artigo? Deixe-nos o seu comentário.

Partilhe com os seus amigos!





Posted in Wellness