A importância das sementes de Chia na alimentação desportiva

Publicado em Nutrição and tagged Alimentação Desportiva, Sementes de Chia, Nutrição

Sementes de Chia

Conhecidas por serem um superalimento, as sementes de Chia devem fazer parte de uma dieta alimentar saudável. Mas será que existe relação direta entre o seu consumo e a performance de um atleta?

A população está, cada vez mais, informada relativamente à promoção da saúde a nível nutricional. Com a informação disponível na Internet, tem existido mais procura de alimentos funcionais com múltiplos benefícios.


A semente de Salvia Hispânica L., ou mais conhecida como semente de Chia, trata-se de um alimento tradicional da América Central e do Sul.

Atualmente, é amplamente consumida devido aos seus diversos benefícios para a saúde, especialmente na manutenção de níveis saudáveis de lipídios séricos. Este efeito é suportado pela presença de ácido fenólico e óleo Omega-3/6.



As sementes de chia contêm, em 30gr de peso, cerca de 13gr de hidratos de carbono, onde 11gr pertencem a fibras, 5gr de proteína com todos os 8 aminoácidos essenciais, 9gr de gordura maioritariamente poliinsaturada e de ácidos gordos Omega-3 (6,5gr e 5000mg respetivamente).


Relativamente a vitaminas e minerais, esta semente não possui quantidades significativas de vitaminas, mas aporta um bom teor de fósforo e manganês. É, portanto, sensato afirmar que a semente possui nutrientes importantes à saúde humana.


Na nutrição desportiva, é importante que o regime alimentar do atleta esteja adaptado às suas necessidades energéticas. Não só, mas os macronutrientes e o rácio destes deverão ser ajustados de forma a que a alimentação possa potenciar, ao máximo, a performance desportiva.



Como já foi referido, as sementes de chia possuem nutrientes importantes à saúde e poderão ajudar o indivíduo a manter uma dieta alimentar saudável. 

No entanto, relativamente à sua importância em desportos, ainda existem poucos estudos. Os que existem, não demonstraram benefícios evidentes no que diz respeito ao consumo de sementes de chia na performance do atleta.


Foi realizado um estudo onde foi avaliada a performance no atletismo associado ao consumo de óleo de sementes de chia. Os resultados demonstraram que não houve melhorias na resistência, taxa de troca respiratória, níveis de cortisol e de inflamação. É importante mencionar que foi um estudo de amostra pequena (n = 24). 


Num outro estudo, envolvendo 6 indivíduos de alta competição do sexo masculino, estudou-se a diferença entre carb load e load com Omega-3 antes de provas de resistência. Evidenciou-se que, enquanto a troca para o load com Omega-3 é um método mais saudável, no sentido em que existe menos consumo de açúcar, não foram demonstradas melhorias a nível de performance.


Em conclusão, não existem evidências suficientes que suportem a eficácia no rendimento desportivo associado ao consumo de sementes de chia.



Referências Bibliográficas


[1] Norlaily Mohd Ali, Swee Keong Yeap, Wan Yong Ho, et al. The Promising Future of Chia, Salvia hispanica L..J Biomed Biotechnol. 2012. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3518271/


[2] SELFNutritionData. “Seeds, chia seeds, dried Nutrition Facts & Calories”. Acedido a: 13 de abril de 2018. Disponível em: nutritiondata.self.com/facts/nut-and-seed-products/3061/2


[3] Nieman DC, Gillitt ND, Meaney MP. No positive influence of ingesting chia seed oil on human running performance. Nutrients. 2015. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25988762


[4] Illian TG1, Casey JC, Bishop PA. Omega 3 Chia seed loading as a means of carbohydrate loading. J Strength Cond Res. 2011. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21183832


Publicado em Nutrição and tagged Alimentação Desportiva, Sementes de Chia, Nutrição.