5 Erros na Cozinha que comprometem a sua Dieta

Publicado em Nutrição and tagged cozinha, dieta, alimentação saudável

Mulher a cozinhar com erros que comprometem a dieta | Holmes Place

Escolher os alimentos mais saudáveis não é o único fator determinante para o sucesso da sua dieta, é também muito importante ter alguns cuidados no momento da preparação e confeção dos alimentos.

Uma alimentação saudável é determinante para um bom desenvolvimento físico e intelectual, além de promover a saúde e o bem-estar geral.

Os bons hábitos alimentares não se cingem apenas, à qualidade e à quantidade dos alimentos que ingerimos, devemos ter atenção à ocasião de preparação e confeção destes .

No momento em que decide optar por uma dieta alimentar saudável, esta deve passar inicialmente pela orientação dum nutricionista que define o seu plano alimentar e de seguida pela ida ao supermercado que deve ser planeada (com lista de compras) e feita sem fome.


Depois disto, no momento de cozinhar, há que tomar as atitudes mais saudáveis.


Os erros mais comuns praticados na cozinha e que podem estar a impedir o sucesso da sua dieta são:

01 - Reutilizar óleo de fritar

Erros na dieta que comprometem a dieta - reutilizar o óleo de fritar | Holmes Place


Por si só fritar não é uma boa opção já que se deve preferir os cozidos e grelhados aos fritos, contudo, caso frite, use sempre óleo novo evitando, desta forma a criação de radicais livres que podem aumentar os níveis de colesterol LDL no sangue. Pode, ainda, optar por azeite, desde que este não seja sujeito a altas temperaturas.


02 - Petiscar enquanto cozinha

É comum “petiscar” durante a confeção da receita para ir provando o prato que se está a cozinhar e testar o sabor e textura dos alimentos, porém o problema está quando abusamos no ‘petisco’ e ingerimos uma grande quantidade de calorias.


Erros na cozinha que comprometem a dieta - petiscar | Holmes Place


O ideal será começar a cozinhar sem fome, optando por consumir antes da confeção pequenos snacks como frutos secos (pequena quantidade), cenoura crua, iogurte sólido natural/aroma, sem pedaços, uma peça de fruta fresca, etc. Desta forma garante que não come o que não deve.


03 - O tipo de pão

Erros na cozinha que comprometem a dieta - tipo de pão | Holmes Place


Atenção aos pães escuros! É recomendado o consumo de pão mais escuro e integral, contudo, nem todo o pão escuro é, de imediato, mais saudável. Garanta que o pão seja rico em cereais como a aveia, o centeio, o trigo sarraceno, espelta e de sementes, pois contém maior teor de vitaminas e fibras que o deixa saciado por mais tempo.


Leia o rótulo da embalagem de pão e verifique se não contém adição de gorduras (óleo de girassol, óleo de palma.) nem de açúcares (pode conter açúcares escondidos tais como, a frutose, maltodrextina, xarope de milho, sucrose, lactose, melaço, entre outros). 


04 - Cozinhar com cremes vegetais

Erros na cozinha que comprometem a dieta - alternativas não saudáveis ao azeite | Holmes Place


Na tentativa de se ser saudável, muitas pessoas recorrem a margarinas e cremes vegetais por acharem alternativas menos calóricas e mais saudáveis que o azeite. Contudo, margarinas vegetais ou certas alternativas ‘light’ nem sempre são as melhores opções, por serem mais calóricas e mais processadas. O azeite é a melhor gordura, mas possui um aporte calórico elevado (9kcal/g), como acontece com todas as outras gorduras, portanto deve-se moderar a sua adição aos cozinhados e aos pratos. Adquira os galheteiros que pulverizam o azeite e assim reduzem facilmente a quantidade adicionada. Como tempero pode, igualmente, optar por soluções mais saudáveis: sumo de limão ou vinagre, ervas aromáticas (ex: salsa, manjericão, orégãos, cebolinho, loureiro entre outros) e especiarias naturais (ex: pimentas, açafrão, caril, canela, gengibre em pó, entre outras.).


05 - Consumir frutas em excesso nas refeições ou em batidos

Erros na cozinha que comprometem a dieta - exagerar na fruta | Holmes Place


Exagerar na quantidade de fruta fresca que come por refeição e ao longo do dia é outro erro comum.

Segundo a Roda dos Alimentos o consumo de peças de fruta recomendável varia entre as 2-5 por dia e apenas 1 peça de fruta de 100g por refeição. Além disto, por vezes, ainda se adiciona à fruta açúcar, mel, manteiga de amendoim, iogurtes, que vão promover um aumento do aporte calórico em açúcar e gordura, principalmente. 


Também devemos ter especial atenção com os sumos de fruta natural. Estes contêm em média 2-3 peças de fruta, quantidade acima do recomendável. Outra desvantagem recai no seu modo de preparação. Ao espremer a fruta, a maioria das vitaminas e fibras são perdidas. As fibras são muito importantes, pois controlam a absorção da frutose que estas naturalmente contêm, ou seja, diminuem a absorção desta no nosso organismo. Posto isto, o ideal é comer a fruta inteira e, de preferência, fruta da época. 


Sandra Correia

Nutricionista Holmes Place Boavista 

Publicado em Nutrição and tagged cozinha, dieta, alimentação saudável.