A importância de aumentar o consumo de proteína na sua dieta

Publicado em Nutrição and tagged proteína, dieta, calorias

importancia proteina dieta banner

Qual a importância de aumentar o consumo de proteína na sua dieta e como poderá fazê-lo?

Os nossos corpos utilizam-na para construir e reparar tecidos. Os nossos cabelos e unhas são feitos com a mesma. É utilizada para fazer enzimas e hormonas, estabiliza o açúcar no sangue e é um componente crítico de todas as células do nosso corpo. Não há como negar - a proteína é poderosa. E, por isso, deverá ser incluída na sua dieta.


Veja algumas maneiras fáceis de aumentar a sua ingestão e usufruir dos benefícios deste nutriente de fortalecimento muscular.


5 dicas para aumentar o consumo de proteína


1. Coma ovos ao pequeno-almoço


dieta ovos


Uma troca direta que pode fazer todos os dias é escolher ovos em vez de cereais. Escalfado, mexido, cozido, como gostar mais - estará a ingerir proteína de alta qualidade logo de manhã, o que irá ajudá-lo a ter menos fome durante o dia. O ovo médio contém cerca de seis gramas de proteína, tendo as claras de ovo a maior percentagem.


2. Utilize-a nos seus cozinhados


dieta bolachas


Quem disse que o pó de proteína é apenas para batidos? Substitua um pouco da farinha que utiliza em muffins ou use feijão preto em brownies para obter uma proteína extra. Se estiver a usar proteína em pó certifique-se de encontrar uma tabela de conversão adequada e não abuse muito dela - ninguém gosta de bolachas semelhantes a tijolos ou panquecas demasiado grossas e emborrachadas. Não se preocupe, assar a proteína não alterará o valor nutricional – irá absorver os aminoácidos da mesma forma.



3. Mantenha o hummus à mão 


hummus dieta


Os snacks à base de grãos são ideais para ingerir durante o dia. Quando precisar de fazer um lanche, leve alguns pepinos, cenouras e pimentões e mergulhe-os em hummus. 

O grão-de-bico no hummus é uma fonte de proteína – se colocar sementes de abóbora assadas irá duplicar seu o consumo. 

Pode também colocar a pasta de grão-de-bico numa sandes em vez de maionese e queijo. Outro excelente lanche (se não for vegan) é um peixe enlatado - a sardinha, a cavala e o salmão são fontes repletas de proteína que não precisam de frigorífico. 


4. Adicione proteína às suas saladas


dieta saladas


As saladas são potências nutricionais, mas os vegetais nem sempre contribuem para o consumo de proteína – fazendo com que fique com fome 1h ou 2h depois de almoço. Para manter a fome sob controlo, acrescente uma boa dose de proteína à sua salada: 100g de peito de frango ou peru, atum, salmão ou queijo, fornecem ao corpo cerca de 25g de proteína. 

Evite alimentos gordurosos como a carne assada, salame e presunto - estes estão repletos de que pode fazer com que fique inchado. 

Se é vegan, experimente colocar amêndoas picadas, grão-de-bico ou um punhado de nozes. 


5. Selecione as suas fontes de produtos lácteos 


dieta queijo


O requeijão tem uma quantidade surpreendente de proteína, consuma-o em vez de queijo ricotta. Tem um maior teor de nutrientes e muito menos gorduras e calorias. Se aprecia iogurtes, substitua o seu iogurte normal por iogurte grego e pode consumir quase 20 gramas de proteína por porção. Compre o natural com pouco açúcar. 


Holmes Place Internacional


Publicado em Nutrição and tagged proteína, dieta, calorias.