Quais as vantagens da levedura de cerveja?

Publicado em Nutrição and tagged levedura, nutricionistas, levedura de cerveja, dieta, saúde

Levedura de Cerveja | Holmes Place

Sabia que a levedura de cerveja permite a recuperação muscular e a saciedade no controlo de apetite?

O vinho e a cerveja são as bebidas mais antigas do mundo. Os primeiros indícios do surgimento da cerveja, foi a 8000 a.c na Palestina. A cerveja é a bebida obtida pela fermentação alcoólica do mosto cervejeiro proveniente do malte de cevada, água potável, levedura, e adição de lúpulo. A água representa cerca de 90% da composição em massa da cerveja e exerce grande influência sobre a qualidade desta. 


A levedura é um fungo unicelular responsável pela fermentação alcoólica de soluções açucaradas. Existem vários tipos de levedura, a que mais se destaca pelo seu valor nutritivo é, sem dúvida, a levedura de cerveja, resultante do fabrico desta bebida. O género mais importante é o Saccharomyces, do qual se destaca a espécie Saccharomyces cerevisiae. É considerada por muitos nutricionistas como um alimento rico segundo os valores de referência da FAO/WHO/UNU. 


Essa reputação deve-se ao facto de ser uma excelente fonte de:


Salmão | Proteína | Levedura de Cerveja | Holmes Place


Proteínas: constitui cerca de 50% da biomassa da levedura. Importante na alimentação de qualquer pessoa e em especial de um atleta. Permite recuperação muscular e saciedade no controlo de apetite.


Vitaminas: complexo B (B1, B2, B6, ácido pantoténico, ácido nicotínico, ácido fólico, biotina, colina). Fundamental para a saúde cardiovascular, sistema nervoso, pele, cabelo e unhas. 


 Minerais | Levedura de Cerveja | Holmes Place


Minerais: macro e micro elementos, destacando com maior relevância o potássio, o sódio, o cálcio, o fósforo, o magnésio, o ferro, o enxofre, o zinco, o selénio e o crómio. Todos imprescindíveis para o bom funcionamento do organismo, exercício físico, sistema imunitário e controlo do apetite. 


Aminoácidos essenciais: que o organismo não tem capacidade de produzir, com maior destaque a leucina, lisina, treonina, e valina.


 Minerais | Levedura de Cerveja | Holmes Place


Fibra: permite um menor esvaziamento gástrico, consequentemente mais saciedade, melhoria de regulação intestinal e optimização do perfil lipídico.


Tabela Levedura de Cerveja | Holmes Place


A levedura de cerveja, pode ser tomada por qualquer pessoa saudável, num contexto de uma dieta alimentar equilibrada, completa e como suplemento alimentar. 


Como suplemento alimentar, a levedura é obtida de células secas de Saccharomyces cerevisiae. Encontra-se disponível em pó, flocos e comprimidos. Pode consumir 1 a 2 colheres de sopa por dia sem cozimento (caso contrário perderá o seu teor em vitaminas e minerais), acrescentada aos pratos depois de prontos, sopas, massas, iogurtes, leite, batidos sumos de fruta natural ou até mesmo água.


Maria Inês Costa – 0846N

Nutricionista Holmes Place Aveiro


Referências Bibliográficas:

* SIQUEIRA, P.B.; BOLINI, H.M.A.; MACEDO, G.A. Beer production and its effects on the presence of polyphenols. Alim. Nutr., v.19, n.4, p. 491-498, out./dez. 2008

* LEVANDER, O.A. Selenium, chromium and manganese. In: SHIIS, M.D. & VERMON, R.Y. Modern Nutrition in Health and Disease, 7ª ed., Philadelphia, Lea &Febger, 1989, p.263-267. 

* FAO/WHO/UNU. Food and Agricultural Organization/World Health Organization/United Nations University. Energy and protein requirements. Report of the joint FAO/WHO/UNU Expert Consulation Technical Report. Series nº 724 FAO/WHO and the United Nations University, Geneva, 1985

* ASP, N.G.; JOHANSSON, C.G.; HALLMER, H. & SILYSTRON, M. Rapid enzimatic assay of insoluble and soluble dietary fiber. Journal of Agricultural and Food Chemistry, Easton, 31(3):476-482, 1983

 SATERLEE, L.D. Proteins for use in foods. Food Technology, Chicago, 35(6):53-70, 1981. 

* Glenys M.Caballero-CórdobaI; Maria Teresa B.PachecoI; Valdemiro C. SgarbieriII “Chemical composition of yeast biomass (Saccharomycessp.) and protein nutritive value of integral or mechanically ruptured cells”, Ciênc. Tecnol. Aliment. vol.17 no.2 Campinas May/Aug. 1997

Publicado em Nutrição and tagged levedura, nutricionistas, levedura de cerveja, dieta, saúde.